Museu do Ouro/Ibram/Minc
Museu do Ouro/Ibram/Minc

O prédio do museu é um autêntico exemplar da rude arquitetura colonial brasileira do século XVIII (1713). Foi a Antiga Casa de Intendência e Fundição (única construção com estas características ainda de pé no Brasil), tendo funcionado durante algum tempo como colégio. Possui exposição permanente de peças do mobiliário e arte sacra no pavimento superior, que serviu de residência para o Intendente. O térreo é calçado com pedras redondas e guarda peças relacionadas à extração, processo de fundição, cunhagem e controle do ouro. O Intendente era um funcionário a serviço do rei, com a difícil função de combater o contrabando e recolher os pesados impostos. Todo o processo desenvolvido na Casa de Fundição dá uma dimensão do que foi o Ciclo do Ouro em Minas. A abundância do metal amarelo facilitava a infração às rígidas normas. O ouro só podia ser comercializado em barras, cunhado com o selo real na Casa de Fundição, que aproveitava para recolher os impostos. Transformado em museu, atualmente é administrado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e possui arquivo histórico instalado no sobrado denominado Casa Borba Gato.

Funcionamento: De terça a domingo, das 10h às 17h.

Não fecha para almoço.

Continue lendo após a publicidade

Taxa de visitação: R$1,00.

 

Compartilhe com seus amigos!
Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Publicações Relacionadas

Fique ligado em tudo que acontece em Sabará!

Quer receber informações por email?

Se você tiver interesse de receber as atualizações do Sou Sabará em seu email, com notícias, vagas de emprego, cursos, eventos, etc... Cadastre-se abaixo. É grátis.

Quer receber informações por Whatsapp?

Adicione o número abaixo na sua lista de contatos e envie "Oi" para receber as notícias do Sou Sabará no seu Whatsapp