Bem-vindo ao Portal de Sabará - MG

Clube Mundo Velho

Clube Mundo Velho
Recreação e salvaguarda da cultura afrodescendente
Rua Marques de Sapucaí, 389
Centro – Sabará/MG
(31) 3022.9103
[email protected]

O Clube Mundo Velho é uma das sociedades recreativas mais antigas do Brasil. Foi fundada no dia 2 março de 1894, por ex-escravos e seus descendentes, como opção de lazer e cultura aos negros, devido às proibições herdadas do sistema escravocrata em outras instituições culturais da cidade de Sabará. O Clube Mundo Velho tem sua origem vinculada ainda ao período imperial brasileiro, sendo o nome uma alusão à monarquia portuguesa vinda do velho continente ou Mundo Velho. Firmou-se como espaço popular para a comunidade negra, reunindo operários, trabalhadores domésticos, ferroviários e trabalhadores informais. O bloco carnavalesco Mundo Velho é a mais antiga agremiação do gênero existente em Minas Gerais, similar às que originaram as primeiras escolas de samba do Brasil. É um dos últimos a possuir elementos estruturais originais de um bloco: hino, estandarte e banda de jazz (com instrumentos de sopro e percussão), tendo descendentes de escravos como base de sua diretoria.

Tornou-se entidade de utilidade pública em 1965. Em 2006, transformou-se em Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), por meio do Instituto Mundo Velho, voltado para salvaguarda da cultura afrodescendente. Realiza as seguintes atividades culturais: Carnaval, Festa Junina, Baile da Primavera, Baile da Saudade, Festa de 13 de maio (Abolição da Escravatura), Consciência Negra e Semana dos Idosos. Promove, ainda, atividades periódicas relacionadas à identidade negra, desenvolvidas junto a escolas públicas e à Igreja Nossa Senhora do Rosário, assim como apresentações de samba, movimento soul e concurso de beleza da mulher negra. Nos anos de 1920, seus bailes e reuniões eram realizados em um casarão no Largo da Matriz. Desde os anos de 1930, ocupa a atual sede, localizada no entorno de um Passo da Rua Marquês de Sapucaí tombado como patrimônio histórico. Foi frequentado apenas por negros até 1990 e, desde então, com o término da diferenciação racial para entrada no clube, é aberto à participação da comunidade em geral. Conta com 18 conselheiros associados.

Realizado pelo ODC Observatório da Diversidade Cultural – Projeto “Mapa da Diversidade Cultural”

Adicione o número abaixo na sua lista de contatos e envie “Oi” para receber as notícias do Sou Sabará no seu Whatsapp

 



Fechar Menu