Bem-vindo ao Portal de Sabará - MG

Empreendedorismo e filhos (é possível conciliar?)

As mulheres estão conquistando um grande espaço no mundo do empreendedorismo. De acordo com os dados da pesquisa realizada pelo SEBRAE em março de 2013 já somos quase metade dos empreendedores iniciais ou seja as mulheres administram cerca de 33% das micro e pequenas empresas mineiras.

Continue lendo após a publicidade




É fato também que a arte de empreender é repleta de desafios e exige dedicação, característica que as mulheres tiram de letra, porém em meio ao cenário de empreendedorismo feminino uma grande inquietação é latente: filhos, é possível conciliar? Muitas se sentem divididas entre desenvolver um negócio e a possibilidade de ser mãe. Todas as duas exigem dedicação e amor porém parece difícil fazê-las ao mesmo tempo.

De acordo com pesquisa realizada pelas escritoras Patricia Travassos e Ana Claudia Konichi, autoras do livro “Minha Mãe é Um Negócio”, para 45% das mães empreendedoras, a famosa culpa de mãe diminuiu e 24% garantem que estão completamente curadas desse sentimento.

“A culpa é tão marcante entre as mães que nós dedicamos a conclusão do nosso livro para esse tema. Na pesquisa, percebemos que a culpa de mãe está diretamente ligada a autoestima da empresária”, diz Travassos.

Veja mais dados importantes da pesquisa:

  • 67% das mulheres começaram um negócio próprio após a maternidade. Desse total, 58% trabalham em casa (home-office) e 74% acreditam que ficam mais tempo com os filhos do que antes de empreender, e 36% declaram que têm menos rendimentos do que antes de abrir sua empresa;
  •  75% das mulheres afirmam que estão mais realizadas profissionalmente;
  •  81%  são casadas e 41% têm apenas um filho. Das entrevistadas, 28% têm entre 31 e 35 anos e 22% entre 36 e 40 anos;

Para conhecer  de perto a realidade de mães que empreendem e criam seus filhos entrevistamos duas sabarenses. A empreendedora na área da educação Rosângela Augusto e a empreendedora na área de estética Larissa Mota.

Veja abaixo o que elas dizem sobre a arte de empreender e educar os filhos:

Rosângela Augusto

Empreendedora Rosângela Augusta e Filhos
Empreendedora Rosângela Augusta e seus filhos

“Nestes 36 anos de vida profissional em prol da Educação em nossa comunidade, os últimos 23 foram dedicados ao trabalho, aliado a educação de meus dois filhos.Tarefa esta que em momento algum foi fácil de conciliar, mas não sendo também impossível.”

No início

Iniciei as atividades do Colégio Augustus bem antes da maternidade e não tive nenhum problema em conciliar pois fiquei somente 19 dias longe do trabalho. Meus dois filhos praticamente não se alimentaram do leite materno, o que facilitou meu retorno quase imediato ao trabalho. Na gravidez trabalhei até o dia do nascimento dos dois por coincidência.

Rotina diária

Em todos esses anos me dedico ao Colégio de 7:00 às 18:00,monitorando meus filhos ora por telefone,ora junto comigo no Colégio; contando desde o início com a colaboração da minha secretária do lar e a babá nos anos iniciais.

É possível conciliar?

Perfeitamente possível desde que tenhamos o suporte de uma boa secretária do lar e uma babá ou uma escola de confiança que substitua nos meses iniciais de vida da criança a presença da babá. No meu caso sempre tive as duas situações que muito me favoreceram.  Ter sucesso tanto profissional como na educação dos filhos não é nada fácil, mas também nada impossível; desde que saibamos organizar nossa rotina diária.

Atrelar nossa carreira profissional a maternidade é perfeitamente possível desde que haja planejamento em nossa vida. Acidentes de percurso são absolutamente prováveis mas nada que nós mulheres não tiremos de letra. Somos fortes, somos poderosas,somos guerreiras; tudo podemos desde que queiramos.

Dica para mães empreendedoras

Acredito não existir uma receita de sucesso na educação de nossos filhos, porém graças a Deus eu consegui ter sucesso nas duas missões (educação pra mim é uma missão, bem como ser mãe). Prova disso é ter um filho com 23 anos, Analista de Sistemas, atuando numa grande Empresa no Estado de São Paulo,  filho maravilhoso, ser humano fantástico e uma filha de 14 anos que é um doce de menina frequentando o 9º Ano . O tempo que dedicamos aos nossos filhos não precisa ter quantidade e sim qualidade. No pouco tempo em que ficava com eles procurava dar amor sempre e castigo quando necessário. Desta forma, é perfeitamente possível conciliar o trabalho e a maternidade; pra mim, sucesso total !

Receita de sucesso não existe; existe o querer e o ir a luta ! Vencer é só consequência !!!

Larissa Mota

Larissa Mota e seus dois filhos
Empreendedora Larissa Mota e seus dois filhos

”Aos poucos tudo se ajeita e eles fazem tudo valer mais ainda a pena.”

No início

Comecei a empreender depois que tive minha primeira  filha.  Era difícil cuidar dela e seguir uma rotina no emprego com carteira assinada  por conta dos horários de trabalho e da distancia. Não conseguia acompanhar seu desenvolvimento e sempre ficava muito cansada, era uma rotina difícil.

Rotina diária

Eu estudo Estética na Universidade Fumec na parte da manhã, assim saio de casa as 5h30 todos os dias. A noite deixo tudo organizado pois o Thiago (marido) manda a Lara e o Raul para escola, chego as 13h vou pra academia e começo meu atendimento às 15h. Entre um intervalo e outro eu estudo, procuro também organizar minhas atividades no período em que as crianças estão na escola, mais tarde as recebo da aula e me preparo para ir embora.Vou pra casa cuidar do dever, do jantar, dos afazeres domésticos e ainda quando todos estão dormindo tentar estudar um pouco, e deixar tudo organizado para o próximo dia.

É possível conciliar?

Sim, claro que é mais trabalhoso, mas acho que é possível sim, porém sozinha eu não sei. Graças a Deus tenho minha família que sempre me apoia em tudo o que eu preciso. Além disso como eu trabalho com meu marido e atendo com horário marcado, não abro mão de acompanhar o aprendizado na escola, sempre os levo em consultas médicas ajudo no dever de casa, nós conseguimos ter uma boa rotina com as crianças.

Dica para mães empreendedoras 

 Acho que parece ser  mais difícil do que realmente é, a criança nunca vai te exigir luxo, nós adultos que queremos tudo perfeito em harmonia, tente organizar seu horário para que você passe uma boa parte do seu dia com elas, é disso que a criança precisa: atenção. Aos poucos tudo se ajeita e eles fazem tudo valer mais ainda a pena. Comece aos poucos e na medida em que sua criança vai crescendo você vai assumindo novas responsabilidades.

Analisar esses fatos nos leva a reflexão de que sim, é possível conciliar, mas é necessário compreender os limites, ter disciplina e muita vontade de fazer acontecer. O desafio parece grande, mas a recompensa de ver os seus dois sonhos realizados provavelmente será muito maior.

por Renata Arruda

Adicione o número abaixo na sua lista de contatos e envie “Oi” para receber as notícias do Sou Sabará no seu Whatsapp

 



Fechar Menu