Bem-vindo ao Portal de Sabará - MG

Ensino médio terá mais vagas de tempo integral e novo modelo em Minas. Saiba mais

No próximo ano, a rede estadual de ensino mineira ampliará a oferta da educação integral para o ensino médio e contará com cerca de 16 mil novas vagas nessa modalidade de ensino.

Continue lendo após a publicidade

Atualmente, o Ensino Médio Integral atende a cerca de 12 mil alunos de 78 escolas que integram o programa. Com a ampliação, a rede estadual contará, em 2020, com aproximadamente 28 mil estudantes do ensino médio na educação integral, em 281 escolas, contemplando todas as 47 Superintendências Regionais de Ensino (SRE).

Ensino Médio Integral Profissional

Do total de escolas contempladas na expansão, 36 ofertarão o ensino médio integrado à educação profissional. Para a definição das escolas, foram priorizadas unidades de ensino com maior vulnerabilidade e municípios sem oferta da educação integral para estudantes do ensino médio. Entre as 78 escolas que já ofertam a educação integral, sete contam com cursos técnicos no contraturno. Com a ampliação, em 2020 serão 43 escolas com a oferta de Ensino Médio Integral Profissional, com cerca de 5 mil novas vagas.

De acordo com a Secretaria, é a primeira vez no estado que a oferta de cursos foi determinada pela demanda de empregabilidade regional.

Ao todo, serão 18 opções de cursos técnicos: Açúcar e Álcool, Agronegócio, Agropecuária, Alimentos, Análises Clínicas, Celulose e Papel, Desenvolvimento Cultural Regional, Desenvolvimento de Sistemas, Eletroeletrônica, Eletromecânica, Eletrônica, Eletrotécnica, Informática, Logística, Mecânica, Química, Segurança do Trabalho e Transações Imobiliárias.

Novo modelo

Conforme divulgado pela Secretaria de Educação esse novo modelo de Ensino Médio Integral, além do aprofundamento acadêmico, o principal objetivo é dar ao estudante instrumentos para que que ele possa pensar, planejar e se preparar para alcançar o que quer para o seu futuro.

Os estudantes também serão incentivados a participar de organizações como clubes de protagonismo, conselho de líderes, grêmio estudantil ou, ainda, auxiliar na solução de demandas do dia a dia da escola.

Este modelo de educação integral começou a ser adotado pela SEE em julho deste ano. A proposta já conta com a participação de 71 escolas estaduais que já têm seus professores participando em formações presenciais que visam qualificar esses profissionais. Em 2020, serão 238 escolas com a oferta de cerca de 17 mil novas vagas nessa modalidade de educação integral no estado.

Educação profissional

Para o próximo ano, a SEE também apresenta novidades na política de Educação Profissional, com a oferta de oportunidades de formações técnicas e profissionalizantes. Serão 13.300 vagas em cursos técnicos, de Formação Inicial e Continuada (FIC) e o Normal de Nível Médio.

Em 29 escolas estaduais, serão ofertadas 1.980 vagas para cursos técnicos. O aluno dessa modalidade deverá estar cursando o ensino médio concomitantemente em qualquer unidade escolar ou já ter concluído essa etapa de ensino. Dentre os cursos ofertados estão Agronegócio, Tradução e Interpretação de Libras, Mecânica, Enfermagem, Logística e Eletrotécnica. Outra oportunidade é o curso de Massoterapia, voltado para pessoas com deficiência visual, com o objetivo de oferecer uma formação profissional técnica que possa auxiliar a inserção desse público no mercado de trabalho.

Já os cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) acontecerão em 113 unidades de ensino. Serão 4.920 vagas para os cursos de agente cultural; agente de informações turísticas; assistente de planejamento, programação e controle de produção; cuidador de idoso; organizador de eventos e promotor de vendas. A carga horária será de 160 a 250 horas, no turno noturno, com o objetivo de suprir demandas imediatas de qualificação profissional.

A escolha dos temas foi baseada nas necessidades da sociedade atual. Pode-se destacar o curso de cuidador de idosos e o curso na área do turismo – o primeiro porque, em razão do aumento da expectativa de vida do brasileiro, a busca por um profissional cuidador de idosos é cada vez maior. Já o segundo, em decorrência da valorização do turismo em Minas, esses profissionais estão sendo cada vez mais procurados no mercado.

As vagas do FIC serão destinadas a toda comunidade escolar. Os critérios para preenchimento das vagas e período de inscrições serão divulgados no próximo mês.

Curso Normal

Também serão ofertadas 6.400 novas vagas para o curso normal de nível médio. A iniciativa da Secretaria de Estado de Educação tem por objetivo formar professores para atuarem na docência da Educação Infantil, ampliando o apoio à educação nessa etapa inicial de ensino nos municípios. O curso normal será disponibilizado em 153 escolas estaduais. Para participar, é necessário que o aluno já tenha concluído o ensino médio.

Confira vagas de emprego abertas na Região Metropolitana de BH clique aqui.

Adicione o número abaixo na sua lista de contatos e envie “Oi” para receber as notícias do Sou Sabará no seu Whatsapp
 
Fechar Menu