Cemig lembra que 1 milhão de clientes ainda podem aderir à tarifa social

Benefício concede desconto de até 65% na conta de energia elétrica; companhia orienta cadastro já preenchido por 1,4 milhão de famílias

A Cemig está ampliando o número de clientes cadastrados no programa da Tarifa Social de Energia Elétrica (Tsee). Atualmente, 1,4 milhão de famílias são beneficiadas pela iniciativa em todo o estado.

Continue lendo após a publicidade

Em 2022, foram mais de 600 mil novas famílias cadastradas, e a companhia continua realizando série de iniciativas para que cerca de 998 mil clientes que ainda não se cadastraram possam garantir um desconto de até 65% do valor da conta de luz.

Belo Horizonte, Uberlândia e Montes Claros estão entre as cidades mineiras com maior número de famílias aptas, mas que ainda não recebem o benefício.

O benefício da Tsee é destinado às famílias cadastradas em Programas Sociais do Governo Federal. Comunidades indígenas e quilombolas também podem participar. Desde janeiro de 2022, com a regulamentação da Lei 14.203/2021, as famílias inscritas no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) que têm direito ao benefício da Tsee, quando identificadas pela distribuidora, são automaticamente cadastradas, sem a necessidade de solicitação pelo cliente.

Atualização cadastral

A gerente de Gestão do Cadastro e Faturamento de Clientes da Cemig, Amanda Mascarenhas, explica que o cliente precisa manter o cadastro atualizado na base do governo federal para garantir a inclusão automática no benefício. “Como a informação de quem tem direito ou não ao benefício chega até a Cemig por meio dos dados do Cadastro Único, a não atualização destas informações pode gerar o cancelamento do benefício”, alertou.

A gerente destaca também que cada família pode receber o desconto da Tarifa Social em apenas uma unidade consumidora e não é necessário ser o titular da fatura de energia.

“É importante procurar a Cemig para solicitar acesso ao benefício caso não seja o titular da conta. Basta informar que naquele imóvel há um beneficiário do programa social, sem a necessidade de trocar a titularidade da conta”, orienta.

Conta de energia

Amanda Mascarenhas explica como o cliente deve proceder para identificar se já é beneficiado pela tarifa social de energia.

“Para conferir se já está cadastrado, basta verificar na última conta de luz o campo ‘subclasse’. Se neste campo estiver escrito ‘residencial baixa renda’, aquela unidade consumidora já está cadastrada e recebendo o benefício”.

Requisitos

Para ter direito à Tarifa Social de Energia Elétrica (Tsee), as famílias devem atender a um desses três requisitos:

  • Estarem inscritas no CadÚnico, com renda familiar de até meio salário-mínimo por pessoa; ou
  • Estarem inscritas no CadÚnico, com renda familiar mensal de até três salários-mínimos, que tenha portador de doença ou patologia cujo tratamento ou procedimento médico requeira o uso continuado de aparelhos elétricos; ou
  • Terem algum membro familiar que receba o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC), idoso ou pessoa com deficiência.

Para informações sobre como se registrar no CadÚnico, o cliente deve entrar em contato com a prefeitura local ou acessar a página do Ministério da Cidadania em www.gov.br/cidadania.

Compartilhe:

Veja stories do Sou Sabará

Veja stories do Sou Sabará Notícias

Quer participar dos grupos no Whatsapp?

Se você tiver interesse em participar dos grupos do Sou Sabará no Whatsapp
Quer Receber Notícias Sim Não