Filho é preso por ameaçar e torturar psicologicamente a própria mãe em Sabará

SALVAR

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deteve em flagrante, na última quinta-feira (11/5), em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, um homem de 36 anos, pelos delitos de coação, perseguição e abuso psicológico cometidos contra a mãe, uma senhora idosa de 70 anos.

A vítima dirigiu-se à 2ª Delegacia de Polícia Civil na cidade para relatar que vinha sofrendo constantes ameaças por parte do filho. Segundo o relato da idosa, o filho exigia que ela cedesse sua suposta parte na herança. Após a conclusão do inventário do marido da vítima, o suspeito passou a ameaçá-la, demandando mais dinheiro relacionado à herança.

Continue lendo após a publicidade




Conforme apurado, o suspeito frequentava a residência da vítima com muita regularidade para ameaçá-la, sempre utilizando palavras extremamente agressivas, o que lhe causava intenso terror psicológico. A idosa informou à equipe de policiais civis que não ousava comer qualquer alimento que estivesse armazenado em locais acessíveis ao investigado, por medo de ser envenenada.

“A vítima relata dias de pura aflição, já que o filho profere insultos, difamações e ameaças, chegando a mencionar em algumas ocasiões a intenção de incendiar a residência da idosa. Ontem (11/5), mais uma vez o filho a ameaçou, exigindo a sua futura herança, ou seja, aquela à qual ele somente terá direito quando a mãe falecer”, declarou o delegado Davi Moraes Pinto.

Com base nas informações, os policiais civis deslocaram-se até a residência, mas o indivíduo já havia fugido. Após uma busca pelo bairro, ele foi localizado consumindo bebidas alcoólicas em um salão de barbearia. O suspeito foi conduzido à delegacia para os devidos procedimentos e, posteriormente, encaminhado ao sistema prisional.

Compartilhe:

Veja stories do Sou Sabará

Veja stories do Sou Sabará Notícias

Relacionado