Formação de Educadores STEAM: Sabará é um dos municípios que receberão o projeto em 2024

SALVAR

Com a abordagem STEAM, professores estimulam nos alunos o pensamento crítico, responsabilidade e capacidade de resolução de questões do dia a dia

Educadores do município de Sabará (MG), na Região Metropolitana de Belo Horizonte, poderão participar de uma formação especial na abordagem STEAM ao longo de todo o ano de 2024. Destinada aos profissionais da Educação que atuam na cidade, residentes ou não, a Formação de Educadores STEAM acontecerá de forma remota e presencial. As inscrições podem ser realizadas pelo site: https://www.ligasteam.com.br.

Continue lendo após a publicidade




A formação é uma das estratégias de ampliação da Liga STEAM, o maior projeto de difusão dessa abordagem educacional no país e visa aprofundar o conceito e as práticas STEAM nas salas de aula. O projeto é fruto de parceria entre a Secretaria Municipal de Educação de Sabará e a Liga STEAM, iniciativa da Fundação ArcelorMittal em conjunto com a Fundação Banco do Brasil, AVSI Brasil e a Tríade Educacional. “Com a Liga STEAM queremos contribuir para a superação dos enormes desafios da educação brasileira e o desenvolvimento futuro do país”, explica Tatiana Nolasco, presidente da Fundação ArcelorMittal. 

Além de Sabará (MG), a formação já foi lançada em Barra Mansa (RJ) em fevereiro, e Itatiaiuçu (MG), em março. Outros municípios brasileiros devem receber a Formação de Educadores STEAM este ano. As cidades e as datas de início serão anunciadas em breve. Em 2022 e 2023, os dois primeiros anos da iniciativa, um total de 2.716 educadores se inscreveram para receber a formação em sete cidades brasileiras: Piracicaba (SP), Serra (ES), Resende (RJ), Contagem, Itaúna e João Monlevade (MG) e São Francisco do Sul (SC). 

Conexão entre diversas áreas do conhecimento

STEAM é uma abordagem educacional que integra as áreas de Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática (daí a sigla, em inglês), muito difundida em países como Estados Unidos, Reino Unido, China e Austrália. Ela promove o conhecimento por meio de metodologias ativas, como a aplicação de conhecimentos de diferentes áreas em projetos desenvolvidos coletivamente pelos alunos para a resolução de problemas reais de seu dia a dia. 

Ao adotar uma visão holística do aprendizado, a abordagem STEAM incentiva a conexão interdisciplinar entre diferentes áreas do conhecimento. “Isso ajuda os alunos a desenvolverem competências como pensamento crítico, resolução de problemas e criatividade exigidas pelo complexo mundo atual”, afirma Rosângela D’Angelis Brandão, assessora da área de Educação da Fundação Banco do Brasil.

“Ela também contribui para ampliar as perspectivas de carreiras profissionais em campos que hoje estão em constante evolução e que se tornarão cada vez mais necessárias, como ciências, tecnologia, engenharia, artes e matemática”, completa Tatiana Nolasco. 

Aprovação dos educadores

Professores que realizaram a formação STEAM aprovam a iniciativa. A professora Rosimar Alencar Silva Barbosa, da Escola Municipal Augusto de Carvalho, do distrito de Engenheiro Passos, em Resende (RJ), participou da Formação de Educadores STEAM em 2023. “Foi uma das melhores formações que já fiz, com plataforma para acessar e ler os materiais da formação STEAM em tempo real ou depois das aulas. Isso facilitou a realização do curso”, conta Rosimar. 

Ela conta que o resultado em sala de aula foi notável. “Por meio de projetos, as crianças se tornam participativas e vivenciam mais a aprendizagem”, afirma Rosimar. “Há mais envolvimento, entendimento e criatividade e o conhecimento se torna palpável”, diz a professora. Os alunos de uma das classes de Rosimar desenvolveram um projeto para evitar que óleo de cozinha continuasse sendo jogado no rio Água Branca, que atravessa Resende. Com a participação ativa das crianças, só nos quatro primeiros meses do projeto, foram coletados 700 litros de óleo, evitando a poluição de 14 milhões de litros de água do rio.

Já a professora Lineia da Silva Diniz, da Escola Municipal Rio Preto, também em Resende, comenta que a experiência aumentou a interação dos professores. “Aprendemos uns com os outros, melhoramos nossas práticas e crescemos profissionalmente”, afirma ela. Seus alunos desenvolveram projeto para a preservação de árvores araucárias. “Nossa escola está dentro do Parque Estadual da Pedra Selada, de onde se extrai araucária para o sustento das famílias”, relata Lineia. “Há uma vontade comunitária para a preservação e o plantio dessa árvore e assim o aprendizado foi significativo e prazeroso”, conclui ela. 

O que é a Liga STEAM 

Criada pela Fundação ArcelorMittal, a Liga STEAM busca conectar parceiros relevantes e somar forças para investir na educação do Brasil. Hoje, em conjunto com a Fundação Banco do Brasil, a AVSI Brasil e a Tríade Educacional, a Liga STEAM tornou-se o maior programa de formação gratuita de educadores em STEAM do país. O projeto inclui o Prêmio Liga STEAM, que reconhece os melhores projetos desenvolvidos pelos alunos nas escolas participantes.

Fundação ArcelorMittal

A Fundação ArcelorMittal surgiu em 1988 para direcionar os investimentos sociais e conectar o Grupo ArcelorMittal a causas relevantes e gerar oportunidades para crianças e jovens brasileiros. As iniciativas promovidas pela Fundação se articulam em três eixos prioritários: Educação, Cultura e Esporte. Só em 2022, mais de R$ 73 milhões foram investidos em recursos próprios e incentivados.  

Fundação Banco do Brasil

Desde 1985, a Fundação Banco do Brasil contribui para a transformação social dos brasileiros e o desenvolvimento sustentável do país. É a principal instituição gestora dos projetos socioambientais apoiados por meio do Investimento Social Privado – ISP do BB e de parceiros, declarada o “coração social” do Banco do Brasil. Nos últimos 10 anos, foram investidos R$ 2,6 bilhões em 10 mil iniciativas que impactaram positivamente a vida de 6,6 milhões de pessoas. Os eixos de atuação são: Tecnologia Social, Educação para o Futuro, Meio Ambiente e Renda, Saúde e Bem-estar, Ajuda Humanitária e Voluntariado. 

Associação Voluntários para o Serviço Internacional

AVSI Brasil é uma organização brasileira sem fins lucrativos, constituída em 2007, cuja missão é tornar as pessoas protagonistas de seu desenvolvimento, de sua família e de sua comunidade, por meio de projetos sociais em contextos de vulnerabilidade ou emergência humanitária. É uma organização local vinculada ao contexto internacional por meio da Fundação AVSI, ONG de origem italiana que atua em 39 países, presente no Brasil desde a década de 1980. 

Tríade Educacional

É referência na formação docente e na produção de materiais relacionados à educação inovadora, envolvendo temáticas como Metodologias Ativas, Ensino Híbrido e STEAM. Seus diretores, Lilian Bacich e Leandro Holanda, são autores de materiais que são base de propostas de formação nessas temáticas educacionais pelo país e têm impactado milhares de educadores e centenas de instituições de ensino nos últimos 10 anos. 

Compartilhe:

Veja stories do Sou Sabará

Veja stories do Sou Sabará Notícias