IFMG começa a retomar aulas nos campi da região Metropolitana e do interior

SALVAR

Sequência do calendário letivo 2020 será viabilizada com a adoção do Ensino Remoto Emergencial, que atinge cerca de 18 mil alunos

Com a decisão de adotar o Ensino Remoto Emergencial (ERE), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG) está retomando gradualmente as aulas e atividades acadêmicas que estavam suspensas desde 18 de março. Durante o mês de agosto, dez campi recomeçam o calendário letivo 2020. Outros dois iniciaram as aulas já na última semana de julho. Para minimizar prejuízos e manter as medidas sanitárias de combate à pandemia do novo coronavírus, os professores receberam treinamento e irão adotar ferramentas digitais no reinício das atividades.

Continue lendo após a publicidade

Cerca de 18 mil alunos serão envolvidos nesse retorno e mais de mil docentes. As aulas recomeçam nos campi do IFMG localizados nas cidades de Arcos, Bambuí, Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Formiga, Ibirité, Ipatinga, Itabirito, Piumhi, Ribeirão das Neves, Santa Luzia e São João Evangelista. Os campi em Ouro Branco, Ouro Preto e Sabará ainda estão definindo a data de retomada das aulas. Já as unidades de Betim, Governador Valadares e Ponte Nova adotaram o ensino remoto há mais tempo e seguem com o calendário letivo.

A adesão ao Ensino Remoto Emergencial ocorre por meio de deliberação do Conselho Acadêmico de cada campi do IFMG. Por isso, não há um calendário único para todas as 18 unidades. O ERE foi regulamentado a partir da Instrução Normativa 05/2020, publicada em 18 de junho, que estabeleceu suas diretrizes. A data de retomada das aulas em cada campus pode ser acessada no site www.ifmg.edu.br.

Compartilhe:

Veja stories do Sou Sabará

Veja stories do Sou Sabará Notícias

Quer participar dos grupos no Whatsapp?

Se você tiver interesse em participar dos grupos do Sou Sabará no Whatsapp
Quer Receber Notícias Sim Não