Ministro anuncia R$17 milhões para 35 cidades atingidas pela chuva. Sabará não está na lista

Sabará não consta na primeira lista da liberação de recursos para os municípios atingidos pelas chuva, mas segundo o ministro essas são apenas as primeiras liberações e outras cidades ainda estão em análise.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, anunciou hoje (29) a liberação inicial de R$ 17 milhões para 35 municípios de Minas Gerais afetados pelas chuvas intensas que atingiram do Estado desde janeiro. Das 197 cidades mineiras que tiveram situação de emergência reconhecida pelo Governo Federal, 66 já solicitaram recursos. Além dos atendidos, 31 municípios estão neste momento com seus planos de trabalho em análise pela equipe técnica da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do MDR.

“Essas são apenas as primeiras liberações de recursos que o MDR fará aos municípios atingidos pelas chuvas em Minas Gerais e são parte do pacote de quase R$ 1 bilhão anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro. São recursos muito importantes para essas cidades, que poderão atender os moradores afetados e restabelecer a normalidade das vias públicas e outras infraestruturas danificadas”, destacou Marinho. Ainda em janeiro, a capital Belo Horizonte teve repasse de R$ 7,7 milhões autorizado.

O anúncio foi realizado esta manhã, durante encontro com prefeitos de cidades atingidas, em Belo Horizonte. Os recursos poderão ser utilizados em ações de socorro, assistência e restabelecimento de serviços essenciais à população.

As cidades beneficiadas nesta liberação são Alto Jequitibá (R$ 103,7 mil), Abre Campos (R$ 1,2 milhão), Bocaiúva (R$ 137,4 mil), Caeté (R$ 1,2 milhão), Caparaó (R$ 1,4 milhão), Contagem (R$ 626,4 mil), Crucilândia (R$ 117,1 mil), Diamantina (R$ 492,8 mil), Divino (R$ 388,4 mil), Dores do Turvo (R$ 202,3 mil), Espera Feliz (R$ 1 milhão), Felício dos Santos (R$ 609,7 mil), Fervedouro (R$ 278,5 mil), Guidoval (R$ 749,3 mil), Ipaba (R$ 131,7 mil), Ipanema (R$ 427,9 mil), Itambacuri (R$ 18,7 mil), Itapecerica (R$ 81,3 mil), Jaboticatubas (R$ 662,2 mil), Luisburgo (R$ 1,2 milhão), Maria da Fé (R$ 230 mil), Mário Campos (R$ 725 mil), Matipó (R$ 379,5 mil), Muriaé (R$ 22,9 mil), Orizânia (R$ 219 mil), Raposos (R$ 681,3 mil), Reduto (R$ 172,9 mil), Rio Casca (R$ 17 mil), Santa Luzia (R$ 1,7 milhão), Santo Antônio do Grama (R$ 14,7 mil), Senador Firmino (R$ 171 mil), Simonésia (R$ 127,7 mil), Tarumirim (R$ 571,7 mil), Tombos (R$ 234,3 mil) e Ubá (R$ 506,9 mil).


Adicione o número abaixo na sua lista de contatos e envie "Oi" para receber as notícias do Sou Sabará no seu Whatsapp, ou caso queira receber por E-mail é só clicar aqui.
 

Durante o encontro, o ministro Rogério Marinho reforçou apoio da Pasta nas ações de resposta e recuperação e que as equipes da Defesa Civil Nacional estão à disposição, em Belo Horizonte (Cidade Administrativa) para apoiar as Prefeituras. “É importante lembrar que este é o início de um processo. Vamos liberar uma quantidade de dinheiro que, certamente, não vai resolver os problemas, mas vai iniciar e mostrar o compromisso do Governo Federal com os municípios”, assegurou. Estavam presentes no encontro o vice-governador de Minas Gerais, Paulo Brant, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, e o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Coronel Alexandre Lucas.