Motorista de aplicativo é agredida por assaltantes em Sabará

Uma motorista de aplicativos de 41 anos foi vítima de assalto e mantida amarrada em seu carro na noite deste domingo (15), em Sabará. De acordo com a Polícia Militar, ela foi rendida, agredida e dopada por medicamentos.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a mulher contou que recebeu um chamado de corrida e pegou os três suspeitos na avenida José Cândido da Silveira com destino ao bairro Nossa Senhora de Fátima.

Continue lendo após a publicidade

E após começar o trajeto, um dos homens a puxou pelo cabelo e colocou uma arma no pescoço dela, anunciando o assalto, ela teve as mãos amarradas com uma braçadeira e foi agredida. Os assaltantes ainda a forçaram a ingerir um medicamento.

Quando percebeu que eles passariam ao lado de uma viatura, a motorista gritou por socorro. Revoltados, os assaltantes agrediram a mulher com chutes na barriga e coronhadas na cabeça.

Ao tentar escapar da abordagem da polícia, o assaltante que estava dirigindo entrou na contramão da rodovia entre Sabará e BH, na região noroeste da capital, os suspeiro foram cercado e acabaram batendo o veículo.

Os criminosos fugiram a pé, um menor caiu de um barranco e foi apreendido pela polícia.

Dentro do veículo, a polícia apreendeu uma arma falsa, duas braçaceiras, um celular e um frasco da medicação usada para tentar dopar a motorista.

A vítima, com diversos ferimentos, foi levada ao Hospital, em Belo Horizonte. A ocorrência foi encaminhada à Polícia Civil.

Compartilhe:

Veja stories do Sou Sabará

Veja stories do Sou Sabará Notícias

Quer participar dos grupos no Whatsapp?

Se você tiver interesse em participar dos grupos do Sou Sabará no Whatsapp
Quer Receber Notícias Sim Não