Motorista suspeito de atropelar e causar a morte de jovem em Sabará é indiciado por homicídio

SALVAR

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu o inquérito policial que apurou o homicídio de um homem, de 21 anos, morto atropelado, no dia 20 de abril deste ano, em Sabará, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Um idoso de 73 anos, que dirigia um veículo embriagado, foi indiciado pelo crime, bem como lesão corporal contra uma mulher de 28 anos e um homem de 58.

O suspeito foi preso em flagrante por homicídio e embriaguez ao volante. A partir de então, o caso foi conduzido pela Delegacia Especializada de Homicídios (DEH) em Sabará para apuração completa dos fatos.

Continue lendo após a publicidade




Conforme relata o delegado responsável pela investigação, Humberto Junio Ferreira Cornélio, testemunhas e vítimas confirmaram os sintomas de embriaguez do investigado. “Dentre várias pessoas ouvidas, todas foram enfáticas em confirmar sinais como olhos avermelhados, odor de álcool no hálito e dispersão. Além disso, os laudos de levantamento de local e necropsia comprovaram a materialidade delitiva”, revelou o delegado.

Divulgação/PCMG

Perícia

Durante os levantamentos policiais, os investigadores e a perícia oficial da PCMG traçaram o trajeto percorrido pelo suspeito, identificando os veículos, casas e estabelecimentos comerciais atingidos.

“Concluímos, assim, que, em razão da embriaguez, velocidade excessiva, invasão da contramão de direção, ingresso na calçada e das manobras irregulares (zigue-zague), o investigado assumiu o risco de matar e, por isso, foi indiciado por homicídio doloso, lesão corporal dolosa e embriaguez”, explicou Ferreira.

Com a conclusão do inquérito policial, a Polícia Civil também representou pela manutenção da prisão preventiva do indiciado.

Compartilhe:

Veja stories do Sou Sabará

Veja stories do Sou Sabará Notícias

Relacionado