Prejuízo de R$ 100 Mil: Polícia Civil prende suspeitos de roubo em Sabará (Vídeo)

SALVAR

Na manhã desta quarta-feira (3/7), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) lançou a operação Tracker, que resultou na prisão preventiva de dois homens e na apreensão de um jovem de 17 anos, todos suspeitos de envolvimento em furtos e roubos de celulares em uma loja de departamento em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O prejuízo estimado à empresa é de R$ 100 mil.

Durante a operação, foram recuperados três celulares furtados, além de outros três já apreendidos durante as investigações. A Polícia Civil cumpriu cinco mandados de busca e apreensão em diversos bairros da capital.

Compreenda

Após dois crimes – um furto em 2 de maio e um roubo em 20 de maio –, a equipe da 3ª Delegacia de Polícia Civil em Sabará realizou investigações e identificou os suspeitos, incluindo o adolescente apreendido hoje para internação provisória.

Thiago Chevalier Gonçalves Antunes, titular da 3ª Delegacia de Polícia Civil em Sabará, explicou a estratégia criminosa dos suspeitos. “Eles entravam na loja, arrancavam os celulares expostos e fugiam. O grupo atuava em diferentes cidades da região metropolitana, e descobrimos que os dois crimes em Sabará tinham a participação de pessoas associadas entre si”, revelou.

A PCMG solicitou e a Justiça concedeu os mandados de prisão para os dois suspeitos maiores de idade, que foram encaminhados ao sistema prisional.

Helton Cota Lopes, delegado-geral do 3º Departamento de Polícia Civil em Vespasiano, celebrou o sucesso da operação, destacando a importância das prisões. “Esperamos que essa ação contribua para que esses indivíduos fiquem fora do convívio da sociedade, resultando em uma queda nos crimes patrimoniais na região”, afirmou.

As investigações continuam em busca de identificar os receptadores e localizar os demais aparelhos não apreendidos.

Compartilhe:

Veja stories do Sou Sabará

Veja stories do Sou Sabará Notícias