Preso homem que tentou assassinar a mulher por causa de ciúmes em Sabará

SALVAR

Foto: TV Alterosa
Foto: TV Alterosa

A mulher foi atingida por quatro tiros e está paraplégica, conforme familiares. O casal estava junto há 25 anos e a vítima já tinha feito ocorrências contra o homem

A tentativa de assassinato aconteceu na última terça-feira. De acordo com o delegado Guilherme Guimarães Catão, titular da 3ª Delegacia de Sabará, a discussão começou quando a mulher se preparava para trabalhar. “Ela trabalha em uma viação aqui em Sabará e se preparava para sair por volta das 5h. Eles começaram a discutir porque o homem achava que a esposa estava o traindo com outro funcionário da empresa”, explica Catão.

Continue lendo após a publicidade




Quando a discussão começou, a filha da vitima entrou na frente da mãe para protegê-la. Neste momento, conforme as investigações, Geraldo sacou um revólver calibre 22. “Ele empurrou a enteada e a tirou da frente da vítima. Ana Maria tentou correr e foi atingida por quatro tiros nas costas”, afirma o delegado. Após os disparos, o homem fugiu.

A mulher foi socorrida para o hospital. A filha dela informou à polícia que ela vai ficar paraplégica e continua com uma cápsula presa na coluna. Caso seja retirada, tem o risco de ficar tetraplégica.

As investigações começaram logo depois do crime. Na quarta-feira, o delegado pediu a prisão preventiva do homem, que se entregou na última sexta-feira, com a presença de um advogado. “Como o mandado já havia sido expedido, ele ficou preso”, disse Catão. Ao ser interrogado, o homem afirmou que cometeu o crime por causa das respostas da mulher durante a discussão. “O suspeito informou que ela o acusou de corno e disse que fazia o que quisesse com o corpo dela. Ele se mostrou arrependido pelas consequências do crime, já que foi preso, mas não pela tentativa de assassinato”, comenta o delegado.

Geraldo contou que já está junto com Ana Maria há mais de 25 anos. Juntos eles têm um filho. Porém, a relação já é conturbada há anos. “Desde 2010 ela confeccionou ocorrências contra o companheiro por causa de ameaças. As brigas eram todas por ciúmes”, revela Catão.

O inquérito está em fase final. O delegado espera ouvir nesta semana a vítima, que deve receber alta do hospital e também fazer diligências em um rio onde Geraldo afirmou ter jogado a arma. O homem vai ser indiciado por tentativa de homicídio doloso e qualificado por motivo torpe.

Via em.com.br

Compartilhe:

Veja stories do Sou Sabará

Veja stories do Sou Sabará Notícias

Relacionado