“Supermaconha” é apreendida em Sabará, mulher foi presa com várias barras

SALVAR

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) apreendeu significativa quantidade de skunk (droga considera a “supermaconha”, na última sexta-feira (9/7).

As drogas foram localizadas após policiais do Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico (Denarc) receberem informações de que dois homens, de 22 e 33, realizariam uma possível transação de entorpecentes nas imediações do bairro Lagoinha em Belo Horizonte.

Continue lendo após a publicidade




Após monitoramento no local, policiais do Denarc apreenderam 10 barras de skunk, do tipo Colombian Gold, entorpecentes que seriam entregues a uma mulher, de 25 anos. Com ela, foram encontradas três barras da droga, sendo o restante arrecadado na casa dela, no bairro Novo Alvorada, em Sabará. Além de ser responsável pelo transporte, a suspeita também cuidava do armazenamento das substâncias ilícitas.

Divulgação/PCMG

Contra a mulher, presa na ação policial, já constava mandado de prisão expedido pela 2ª Vara de Tóxicos, em virtude de condenação, com pena estipulada em 7 anos e 3 meses pelo crime de tráfico de drogas. Os homens de 22 e 33 anos também foram presos.

A Polícia Civil seguirá com a investigação para identificar o fornecedor e outros envolvidos no crime.

Compartilhe:

Veja stories do Sou Sabará

Veja stories do Sou Sabará Notícias