stories

Sou Sabará
Sou Sabará Notícias
Sabará City

Chikungunya: Conheça os Sintomas, Transmissão e Tratamento da Doença Febril causada pelo Alphavirus

A chikungunya é uma doença febril causada por um vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, que provoca sintomas como febre alta, calafrios, dores intensas nas articulações, dor nos olhos e manchas vermelhas na pele. O tratamento para essa doença inclui medidas para aliviar os sintomas e repouso.

Essa doença transmitida por arbovírus, como a dengue e a Zika, apresenta sintomas parecidos, mas a dor nas articulações é mais forte e pode deixar sequelas, como rigidez nas articulações e dores no corpo que podem durar por muito tempo.

Continue lendo após a publicidade




Se houver suspeita de Chikungunya, é aconselhável buscar orientação de um infectologista ou clínico geral para iniciar o tratamento adequado, que inclui repouso, aumento da hidratação e medicamentos para aliviar os sintomas.

Os sintomas mais comuns da Chikungunya incluem:

Os primeiros sinais de Chikungunya geralmente incluem febre elevada e dores musculares, aparecendo de 3 a 7 dias após ser picado pelo mosquito. Em seguida, surgem dores intensas nas articulações.

A dor nas articulações pode ser muito forte, dificultando as atividades do dia a dia e afetando de maneira semelhante ambos os lados do corpo, principalmente nas mãos, cotovelos, tornozelos e joelhos. É importante reconhecer todos os sintomas da Chikungunya e saber quanto tempo eles duram.

Adicionalmente, em casos graves, a Chikungunya pode impactar órgãos como o cérebro, coração ou rins, resultando em complicações como insuficiência cardíaca, insuficiência renal ou meningite.

Após ser picado pelo mosquito Aedes aegypti, o vírus da Chikungunya permanece inativo no organismo por aproximadamente 3 a 7 dias. Neste período, os primeiros sintomas começam a aparecer, dando início à fase aguda da doença, que pode durar de 5 a 10 dias.

Normalmente, os sintomas da Chikungunya, especialmente a dor nas articulações, podem durar de 1 a 3 semanas, e em alguns casos persistir por até 3 meses, caracterizando a fase pós-aguda da doença.

Na fase crônica da Chikungunya, os sintomas incluem dor nas articulações que persiste por mais de 3 meses.

Se houver suspeita de Chikungunya, é aconselhável procurar um infectologista ou clínico geral para uma avaliação e começar o tratamento adequado.

Para confirmar o diagnóstico de Chikungunya, o médico infectologista ou clínico geral avalia os sintomas, como febre alta e dor intensa em várias articulações.

Existem exames específicos que podem detectar a presença da Chikungunya, sendo os principais a serem realizados.

Adicionalmente, é importante que o médico peça um exame de sangue completo para auxiliar no diagnóstico, uma vez que os sintomas da Chikungunya, dengue e Zika podem ser parecidos.

Na Chikungunya é mais frequente a redução da quantidade de linfócitos no sangue, conhecida como linfopenia, enquanto na dengue é mais comum ocorrer a diminuição de neutrófilos e plaquetas no sangue.

A Chikungunya, a dengue e a Zika são todas doenças transmitidas pelo mesmo tipo de mosquito, o Aedes aegypti.

A doença Chikungunya é provocada por um tipo de vírus chamado alphavírus, que pertence à família Togavírus. Já a dengue é causada por sorotipos do Flavivírus conhecidos como DENV-1, 2, 3 ou 4, e a Zika é causada pelo vírus ZIKV.

É importante observar que, embora os sintomas sejam parecidos, há distinções entre eles. Por exemplo, a febre da Chikungunya é alta e surge de maneira súbita, enquanto na dengue a febre é constante e alta, e na Zika a febre pode estar presente, porém em níveis baixos. É essencial saber identificar as diferenças nos sintomas dessas doenças, como dengue, Zika e Chikungunya.

Uma outra distinção é que a Chikungunya provoca dor intensa em diversas articulações ao mesmo tempo, de maneira simétrica, afetando ambos os lados do corpo, ao passo que a dengue causa dor moderada nas articulações e a Zika pode resultar em dor leve.

A Chikungunya é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, que também transmite a dengue e Zika. Isso ocorre quando o mosquito adquire o vírus ao se alimentar do sangue de uma pessoa infectada.

Contudo, a Chikungunya também pode ser passada da mãe para o bebê durante a gravidez ou através de transfusão de sangue, embora esses modos de transmissão sejam menos comuns.

Para tratar a Chikungunya, é necessário seguir as orientações do infectologista ou clínico geral, levando em consideração a fase da doença e a gravidade dos sintomas.

Durante a fase aguda da Chikungunya, que ocorre nas primeiras semanas da infecção, o médico pode recomendar o uso de medicamentos antitérmicos e analgésicos, como paracetamol ou dipirona, para ajudar a reduzir os sintomas.

Medicamentos anti-inflamatórios que não contêm esteroides, como ibuprofeno e diclofenaco, e AAS não são recomendados devido ao risco de sangramento nos primeiros 2 dias após o início dos sintomas da dengue, ou até 14 dias se houver suspeita contínua da doença.

É essencial descansar, beber mais líquidos e optar por uma dieta leve e anti-inflamatória. Confira a relação completa de alimentos que possuem propriedades anti-inflamatórias.

Durante a fase crônica da Chikungunya, o tratamento das consequências pode incluir o uso de medicamentos como corticoides ou hidroxicloroquina, porém é importante que eles sejam utilizados somente com prescrição médica. É importante compreender melhor qual é a função da hidroxicloroquina.

Alguns dos efeitos duradouros mais comuns da Chikungunya incluem:

Mesmo após a melhora da infecção, as sequelas da Chikungunya podem permanecer por um longo período, podendo durar até 6 anos ou mais.

Se houver suspeita de sequelas da Chikungunya, é aconselhável procurar um infectologista ou clínico geral para obter um diagnóstico preciso e, se for o caso, iniciar o tratamento adequado. É importante também conhecer outras possíveis sequelas da Chikungunya e como tratá-las.

Para evitar a Chikungunya, é importante tomar medidas de prevenção como utilizar repelentes, colocar telas nas janelas e usar mosquiteiros nas camas para evitar a picada do mosquito transmissor da doença.

Também é fundamental tomar outras ações para evitar a propagação dos mosquitos transmissores, como remover recipientes com água parada em casa e utilizar inseticidas. Conheça mais medidas para se prevenir contra doenças como a Chikungunya.

Você achou essa informação útil?

Compartilhe:

Saiba como ter Transformações Impactantes em Seu Corpo nas próximas semanas:

Se você busca resultados rápidos de forma saudável, conheça o programa abaixo. Ao seguir este programa, você notará transformações surpreendentes:
  • Redução de até 12cm na circunferência da barriga por mês
  • Alívio das dores nas costas
  • Significativa redução no inchaço das pernas
  • Melhora nos níveis de diabetes e colesterol alto
  • Perda de peso de 5 a 10 quilos
  • Controle da ansiedade por compulsão alimentar
Descubra mais sobre como alcançar esses benefícios rapidamente. Aperte em Saiba mais.

Conheça o New Detox

Ideal para emagrecer, ter mais disposição e menos ansiedade.