Bem-vindo ao Portal de Sabará - MG

Médico cubano passa no teste em Sabará

A primeira reação foi de desconfiança, mas não demorou muito para a aposentada Maria Amaral Leite, 63, se acostumar com a novidade. “Eu assustei no início, mas ele me atendeu tão bem e com tanta atenção, sem nenhum dificuldade para conversar em português, que agora entendo porque todo mundo só fala nesse tal médico aqui”, contou. O assunto mais comentado no posto de saúde Vila Reunidas, no bairro General Carneiro, em Sabará, tem sido o médico cubano Jorge Alberto Gil de Monte Santana, 45, que há nove dias começou a atender pacientes em uma das regiões mais carentes do município e se transformou em uma espécie de celebridade no bairro.

A recepção calorosa e que gerou muito burburinho entre os pacientes pode ser explicada de uma forma simples. “Eu acho que a gente estava desacostumado com tanta atenção. Fui consultar por causa de uma dor de barriga e ele (Santana) repetiu várias vezes para eu não deixar de voltar para ver se estava tudo bem. Os outros médicos daqui são bons, mas sentimos um tratamento diferente mesmo com o cubano”, disse o pedreiro João Fortes, 38.

Formado em Cuba há mais de 20 anos, o médico especialista em medicina geral fala bem o português e domina o inglês e o espanhol. Segundo a Prefeitura de Sabará, ele começou a trabalhar na segunda-feira, 7, e cumpre uma carga horária de oito horas por dia no maior posto de saúde da cidade, que atende uma média de 300 a 400 pacientes por dia e conta com cinco clínicos, um pediatra, dois ginecologistas, três enfermeiros e três técnicos de enfermagem. Apesar de conseguir prescrever receitas sozinho, o médico é auxiliado em tempo integral por um enfermeiro ou outro médico do próprio posto de saúde.

Precipitado. Para a gerente administrativa do posto, Fabrícia Víncula, ainda é cedo para avaliar a contribuição dos atendimentos do médico cubano para a cidade. Porém, ela destaca a facilidade do profissional de se comunicar. “Ele tem atendido bem, só precisa consultar uma tabela com todos os medicamentos da cidade. Mas o importante é que ele consegue se comunicar sem dificuldade, fala bem o português e é um ótimo profissional”.

por Lucas Simões – O Tempo

Adicione o número abaixo na sua lista de contatos e envie “Oi” para receber as notícias do Sou Sabará no seu Whatsapp

 



Fechar Menu