Pai e filha se recusam a pagar por corrida, atiram em motorista de aplicativo e acabam presos em Sabará

SALVAR

Uma mulher de 35 anos e o pai dela, um senhor de 60 anos, foram presos na noite desse sábado (9), no bairro Roça Grande, em Sabará, os dois são suspeito de tentarem matar um motorista de aplicativo.

A confusão teria começado após a mulher recusar a pagar a corrida, e ter chamado o pai, que fez vários disparos em direção ao veículo.

Continue lendo após a publicidade

De acordo com a Polícia Militar, o motorista foi atender a uma chamada, no Bairro Sagrada Família, em Belo Horizonte, por volta das 4h, chegando ao endereço final, no bairro Tupi, os passageiros afirmaram que não tinham dinheiro para pagar. O motorista ligou para a polícia e, enquanto relatava o que havia acontecido, a mulher chamou o pai.

Ainda de acordo com a PM, o jovem voltou com R$ 50 para pagar pela corrida. Mas houve tumulto novamente na hora de entregar o dinheiro ao motorista e após nova discussão, o homem teria saído da casa atirando. Os tiros atingiram o para-brisa e a porta dianteira do carro. Ninguém ficou ferido.

Compartilhe:

Veja stories do Sou Sabará

Veja stories do Sou Sabará Notícias

Quer participar dos grupos no Whatsapp?

Se você tiver interesse em participar dos grupos do Sou Sabará no Whatsapp
Quer Receber Notícias Sim Não